quinta-feira, setembro 25, 2008

Dicas do Pires

A alternativa, então, para o Grêmio, segue o mesmo caminho. Urge estabelecer um conjunto de práticas de Governança Corporativa que assegure aos sócios e seus representantes diretos (os conselheiros) a possibilidade de controlar a gestão do clube nos seus melhores interesses. Essa questão é ainda mais importante no presente momento em vista da iminência do Projeto Arena que, queiramos nós, seja um marco positivo na vida do nosso Grêmio. Não podemos deixar o clube, eventualmente, na mão de amadores, redundando em uma tragédia financeira e institucional.


Irany Santanna Júnior

Carlos A. Diehl

www.gremiosempre.com.br


10 comentários:

Anônimo disse...

Esse conjunto de normas já existe no Estatuto e no Regulamento Geral do Clube.
É só uma questão de "vontade política".
Por exemplo: pra que existe uma comissão de Acompanhamento do Planejamento Estratégico?
Ela funciona?
Caso não funcione, quem pode fazê-la funcionar?
Evidente que, se existe uma comissão específica para isso, formada de especialistas, todo o universo de gremistas, os demais conselheiros e os sócios e os torcedores, esperam que essa comissão cumpra com o dever dela, com a incumbência legal e com o poder que tem.
Portanto, não precisa criar nada. Está tudo criado. Basta PRATICAR.

Anônimo disse...

Interpreto portanto, o "urge estabelecer...." como significando urge pôr totalmente em prática. Criar não precisa mais.
Cobre-se, portanto, de quem pode pôr em prática.

Anônimo disse...

Com todo o respeito: essa "possibilidade" já existe.
Muito oportuno o artigo. Contribui bastante para o debate.
Gostaria que os 2 especialistas, a partir da legislação já existente no clube, dissessem como praticar isso que eles defendem.
Ou se falta criar alguma norma nova?

Anônimo disse...

Oportuna a transcrição do Pires. Artigos como esse contribuem de verdade para o Grêmio. Trata-se de estudo sério e não mero tititi, fofoca da vida alheia.
Vale a pena ler o artigo todo.

Anônimo disse...

Essa advertência final vale o artigo.

"Não podemos deixar o clube, eventualmente, na mão de amadores, redundando em uma tragédia financeira e institucional."
Parabéns!

Maria disse...

Boas as premissas do post. A viabilização da implementação é trabalhosa,mas dá retorno e uma visibilidade dos processos muito boa.

O negócio é praticar e ajustar os procedimentos organizacionais sejam eles, formais ou informais.Algumas empresas iniciam a organização por um setor ou departamento,identificando quais são os processos, e qual o caminho que percorrem.

Admirador do Grêmio Sempre disse...

Como eles não vão publicar lá, mesmo: percebe-se claramente quais são as postagens/comentários vou fazer as colocações aqui:
1. O Grêmio Sempre só teve um lado: o do Grêmio.
2. Na eleição proporcional houve um acidente de percurso: era esperado um acordo global (amplamente negociado) que não chegou a bom termo e traz até hoje repercussões, por alguns radicalismos de radicais e prepotentes, com o rei na barriga, achando-se os tais;
3. O Grêmio Sempre esteve do lado do Grêmio na eleição do Dr. Raul Régis e André Krieger
4. O Grêmio Sempre SEMPRE esteve do lado do Grêmio na questão da Arena;
5. O Grêmio Sempre esteve do lado do Grêmio por ocasião da leitura do relatório da Comissão de Ética sobre os cheques da ISL
6. O Grêmio Sempre esteve do lado do Grêmio por ocasião de nomeação de auditoria e da respectiva leitura negada pelo Conselho Deliberativo
7. O Grêmio Sempre não teve nenhuma participação no episódio dos cheques da ISL e nem em NENHUM episódio desse jaez
8. O Grêmio Sempre nunca criou dívidas monumentais para o clube, quase impagáveis
9. O Grêmio Sempre nunca sabotou nenhuma gestão, pois é GRÊMIO SEMPRE;
10. O Grêmio Sempre foi SEM NENHUMA DÚVIDA o inspirador e mentor e realizador da GESTÃO ESTRATÉGICA, da MODERNIZAÇÃO, da PROFISSIONALIZAÇÃO, da GOVERNANÇA CORPORATIVA. Foi o responsável pelos "quadradinhos", sim senhor, que o Presidente Paulo Odone diz que salvaram o Grêmio
11. O Grêmio Sempre foi o mentor e responsável pela opção por consultorias indispensáveis à "prova dos nove" do projeto arena, sim senhor, conforme reconhecido publicamente por Odone no Conselho Deliberativo e que, estão provados por escrito.
12. O Grêmio Sempre SEMPRE votou a favor do Grêmio na reforma estatutária, na revisão, na votação do Código de Ética, na votação do Regulamento Geral.
13. O Grêmio Sempre é, sim, a favor da candidatura Duda Kroeff por entender que é a melhor para o Grêmio.
14. Enfim, o GRÊMIO SEMPRE tem CURRÍCULO - não folha corrida - de uma infinidade de ações e comportamentos SEMPRE EM FAVOR DO GRÊMIO, sendo este espaço pequeníssimo para relatar todos - SEM UMA ÚNICA JAÇA, nunca pulou de uma lado para outro PORQUE SEMPRE TEVE SÓ UM LADO, O DO GRÊMIO.

NUNCA USOU O GRÊMIO!

Admirador do Grêmio Sempre disse...

Como eles não vão publicar lá, mesmo: percebe-se claramente quais são as postagens/comentários vou fazer as colocações aqui:
1. O Grêmio Sempre só teve um lado: o do Grêmio.
2. Na eleição proporcional houve um acidente de percurso: era esperado um acordo global (amplamente negociado) que não chegou a bom termo e traz até hoje repercussões, por alguns radicalismos de radicais e prepotentes, com o rei na barriga, achando-se os tais;
3. O Grêmio Sempre esteve do lado do Grêmio na eleição do Dr. Raul Régis e André Krieger
4. O Grêmio Sempre SEMPRE esteve do lado do Grêmio na questão da Arena;
5. O Grêmio Sempre esteve do lado do Grêmio por ocasião da leitura do relatório da Comissão de Ética sobre os cheques da ISL
6. O Grêmio Sempre esteve do lado do Grêmio por ocasião de nomeação de auditoria e da respectiva leitura negada pelo Conselho Deliberativo
7. O Grêmio Sempre não teve nenhuma participação no episódio dos cheques da ISL e nem em NENHUM episódio desse jaez
8. O Grêmio Sempre nunca criou dívidas monumentais para o clube, quase impagáveis
9. O Grêmio Sempre nunca sabotou nenhuma gestão, pois é GRÊMIO SEMPRE;
10. O Grêmio Sempre foi SEM NENHUMA DÚVIDA o inspirador e mentor e realizador da GESTÃO ESTRATÉGICA, da MODERNIZAÇÃO, da PROFISSIONALIZAÇÃO, da GOVERNANÇA CORPORATIVA. Foi o responsável pelos "quadradinhos", sim senhor, que o Presidente Paulo Odone diz que salvaram o Grêmio
11. O Grêmio Sempre foi o mentor e responsável pela opção por consultorias indispensáveis à "prova dos nove" do projeto arena, sim senhor, conforme reconhecido publicamente por Odone no Conselho Deliberativo e que, estão provados por escrito.
12. O Grêmio Sempre SEMPRE votou a favor do Grêmio na reforma estatutária, na revisão, na votação do Código de Ética, na votação do Regulamento Geral.
13. O Grêmio Sempre é, sim, a favor da candidatura Duda Kroeff por entender que é a melhor para o Grêmio.
14. Enfim, o GRÊMIO SEMPRE tem CURRÍCULO - não folha corrida - de uma infinidade de ações e comportamentos SEMPRE EM FAVOR DO GRÊMIO, sendo este espaço pequeníssimo para relatar todos - SEM UMA ÚNICA JAÇA, nunca pulou de uma lado para outro PORQUE SEMPRE TEVE SÓ UM LADO, O DO GRÊMIO.

NUNCA USOU O GRÊMIO!

Maria disse...

Prezado Pires

Eu espero que todo este esforço ,que demandou tempo e energia dos participantes, não fique restrito a uma mera distribuição de cargos.

BLOGGER disse...

DALE GREMIUUUUUUUUUUUUU