sexta-feira, agosto 28, 2009

Este fenômeno chamado GRÊMIO


DINHEIRO PARA OS CLUBES

No quadro abaixo (aqui é acima), você confere os dez melhores clubes no ranking do pay-per-view, uma média feita tendo como base a última pesquisa realizada por dois institutos. O pay-per-view distribui R$ 110 milhões. Hoje, sairá o resultado de uma nova pesquisa. Tentei saber, via e-mail, como é feito o levantamento. Só o Datafolha respondeu: '... Outras pesquisas, que por ventura incluam o tema, e que sejam de propriedade de nossos clientes, não podem ser divulgadas por possuírem um termo de confidencialidade. A pesquisa de times de preferência do assinante PFC foi exclusiva da Globosat'. No outro quadro, você confere a distribuição da verba fixa da TV, pouco mais de R$ 300 milhões anuais, somada à da cota do pay-per-view, que aponta os clubes que mais faturam. Por ter sido rebaixado, o Vasco recebe metade da cota fixa. (coluna de Hiltor Mombach, Correio do Povo).

O colunista não percebeu (pelo menos não destacou) o dado mais relevante expresso pelas tabelas, ressaltado, entretanto, por Fábio Koff em palestra recente. Veja-se a posição do Grêmio nos pontos percentuais:

O Grêmio tem 8,17%, acima do co-irmão ribeirinho, esse com 6,87%.
Acima do Grêmio, com exceção do Flamengo com 13,84%, estão Palmeiras com 8,23% (praticamente empatado), São Paulo com 9,21% e Corinthians com 9,77%.

O extradordinário não é a vantagem do Grêmio sobre o co-irmão da Beira-Rio em 1,3% (vejam bem, são pontos percentuais, o que é muito) que isso acontece em toda e qualquer pesquisa e por qualquer ângulo e prisma.

O extraordinário é que a diferença para o Palmeiras é de apenas 0,6%, para o São Paulo de apenas 1,04% e para o Corinthians, de apenas 1,6%.

O extraordinário é que estando aqui, no fim do mundo, em relação ao Brasil, com uma população ínfima comparada com São Paulo -capital e menor ainda, comparada com o Estado de São Paulo, estejamos colados nos grandes do futebol de São Paulo e acima dos clubes do Rio de Janeiro com exceção do Flamengo.

É um fenômeno este nosso Grêmio Imortal e Imortal Tricolor.






2 comentários:

Anônimo disse...

como é que o gremio recebe só 15 milhoes por ano e o vasco, se tivesse na primeira, o Santos, etc, recebem 21 milhoes?

Que critérios são esses hein?

Sponchi disse...

Anônimo, decisão tomanda quando da criação do Clube dos 13, na época parecia "justo".

Hoje cetamente estes valores seriam diferentes, mas mudar iso é como querer mudar o RS de posição geográfica clocando-o ao lao de SP (?).

Abs